Quem sou eu

Tudo sobre a história do continente Africano, seus aspectos gerais e curiosidades.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Religiões Tradicionais Africanas

O termo religiões tradicionais africanas englobam toda uma variedade de manifestações culturais, religiosas, espirituais e indígenas em todo continente Africano, existe uma enorme variedade de religiões que se encaixam nessa categoria.

A maioria das religiões africanas, na maior parte de sua existência, foram transmitidas e praticadas oralmente e espiritualmente, ao contrário da forma escrita, como por exemplo, as Religiões Abraâmicas.
Porém antes é necessário reconhecer, a região da Africa que iremos abordar. Podemos dividir a Africa da seguinte maneira.
1)            África do norte: desde o Atlântico e Mediterrâneo até o Saara, incluindo o Egito e a Etiópia. Esta região é dominada pelo Islamismo e pelo Cristianismo.
2)            África centro-sul: desde a Rep. Dos Camarões, Quênia..., até o extremo sul. Esta parte da África, povoada principalmente por tribos aborígenes, é dominada pelas religiões tradicionais, exceto uma relevante percentagem que praticam o cristianismo, o islamismo e até o hinduísmo. Essa será a Africa abordada.
As religiões tradicionais africanas distinguem 2 aspectos da realidade, o que é material, e o que é espiritual. Esses dois aspectos são essenciais entre si, nada do mundo material é tão físico que não tenha nada de espiritual nele. Logo isso conduziu às crenças de que nos rios, nas árvores, nos raios, nas montanhas e até no Sol e Lua há espíritos.
Alguns dos principais rituais religiosos e liturgias das religiões tradicionais africanas são:
1)                       Individualidade: Cada divindade tem seus rituais e sacrifícios, uma hora do dia da semana/mês/ ano para se fazer o sacrifício ou costumes específicos.
2)                       Mecenato: Algumas divindades de algumas religiões podem ser mecenas de alguma atividade especifica, como viajantes.
3)                       Libação: Homenagem dada às divindades ao se derramar vinho ou sangue.
4)                       Magia, Feitiçaria, Bruxaria: Importantes relações entre o mundo físico e o espiritual, é dito que o xamã é capaz de manipular as relações entre esses dois mundos, tanto para beneficio ou maleficio.
5)                       Possessão: É dito que os espíritos e divindades possuem os xamãs durante rituais especiais. É normalmente induzido através de instrumentos de percussão e danças.
É importante notar que as religiões africanas não diferenciam tanto das demais religiões antigas, sendo porém, ainda conservada no mundo moderno.

Fonte:http://en.wikipedia.org/wiki/African_traditional_religion

Um comentário:

Anônimo disse...

legal